quarta-feira, dezembro 14, 2011

Pedra do Guilhim, Nazaré dez11

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

o escritor português, Raul Brandão a descreveu em "Os Pescadores" : "... Do Valado à Nazaré são seis quilómetros, quase sempre através do monótono pinheiral de El-Rei. É um majestoso templo que não acaba e onde a solidão se torna palpável entre os troncos cerrados e sob as copas espessas. Por fim o caminho desce, passando a Pederneira, e avista-se lá em baixo a branca Nazaré e o mar apertado num vasto semicírculo de montes verdes, que mergulham no azul os alicerces. Ao norte o panorama acaba de repente num paredão temeroso, que entra direito pelas águas e entaipa o céu. É um morro avermelhado e riscado, com vegetação pegajosa de urzes e de cardos e um penedo destacado na ponta – o bico do Guilhim.

12:16 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

poker
video poker